3.22.2005

Mês de Março

Muita gente já comentou, mas eu quero comentar tambem: Há pouco mais de 2 semanas, tivemos -14°C, e de repente, a temperatura subiu. Chegamos a 17°C. Calor, calor.
E uma coisa nao tem nada a ver com a outra, mas eu tinha alguns dias livres, de modo que fui passear na terra do Allan. Dessa vez, fomos a Grado. Havendo vida e disposição, teremos fotos mais tarde. Entenda como falsa promessa. Tem fotos aqui e aqui. Infelizmente nao sei ainda como lidar com o Flickr, de modo que as fotos novas e antigas estao todas misturadas...
Mas eu dizia: fez calor. Levada por um grande entusiasmo (o nome técnico é burrice), coloquei na bolsa além do biquini, 2 camisetas de alcinha, um short, e até uma minissaia como desafio a minha idade provecta. A temperatura nao passou dos 12°C, e ja é desnecessário dizer que passei um certo frio, que poderia ter sido pior, caso o bonitao tambem tivesse deixado de lado as roupas de inverno(que eu precisei usar). Além disso, outro fato negativo foi a comida: comemos mal (mas bebemos bem), os cardápios se repetiam em quase todas as cantinas, restaurantes e tavernas.
A parte boa, maravilhosa, que compensa tudo de negativo, é que a Itália é linda, linda, linda e quando eu ficar rica, vou morar lá. Talvez até antes disso. O centro histórico de Grado onde todos os moradores se conhecem, sua igreja com ruínas do ano 451, suas ruelas que eu amo, as casas tao típicas, uma alegria tao dificil de encontrar na Áustria, Ah, eu vou morar na Itália, pode esperar...
A viagem me fez perceber que preciso estudar mais história e geografia: comentei com o bonitao o fato de Grado ser tao absolutamente parecido com Crès, na Croácia, ao que ele respondeu que Crès é que se parece com Grado, já que que a Croácia no passado, fez parte da Itália. A aula ficou completa, depois que ele comentou tambem que a Ucrânia já pertenceu a Austria, o que eu ignorava absolutamente. Anh, tá explicado...
A viagem de volta foi uma das mais bonitas que eu já fiz: cruzamos a fronteira pela Eslovênia e atravessamos os Alpes. É claro que a viagem demora muito mais que pela auto estrada, mas nao há comparacao entre ir serpenteando pelas estradas sinuosas (e perigosas) tendo como paisagem de fundo um macico lindo e imponente como os Alpes. É como se sentir abracada pela grandeza, desculpem a falta de estilo. Uma coisa que me impressiona muito é a existência de pequenos Dorfs (povoados) espalhados pelos Alpes: alguns contam com 20, 30 casas, outros sao como grandes bairros, mas há tambem casas solitárias num raio de quilômetros: nao há bancos, hospitais, ousupermercados. Acho que é preciso muita coragem para morar absolutamente afastado de tudo, numa regiao onde a neve impede que haja circulacao por boa parte do ano.
Quase que a viagem termina em aventura: já bem avancados no caminho, vimos uma placa indicando a obrigatoriedade de pneus com corrente para neve, e nós estávamos com pneus de verao. O pior: a placa indicava ocorrência de avalanches. Por sorte, havia nevado pouco nos últimos dias (e por mais sorte ainda, havia uma caminhao limpa neves na nossa frente, um dos únicos 2 veículos que cruzamos em um longo tempo de viagem), e nao tivemos maiores problemas (além do motor do carro que ameacou esquentar demais. Motor fundido a 1500m de altura nao seria algo muito engracado, mas o Felicia mandou bem. Aproveito o parenteses para dizer que a marca do carro é realmente Skoda Felicia, chique). No final, ainda uma boa surpresa: depois de dias tendo refeicoes ruins, achamos o paraíso num pequeno restaurante na Eslovenia, encontrado por mero acaso. Chegamos em casa cansados, mas valeu.
..............................................................
Março é tambem mês de aniversário de pessoas importantes, e a todos eles meu grande beijo: dia 06 foi o dia da titia Helô, dia 08 foi dia do meu irmao Júnior, e dia 27 será aniversário de minha amiga Vivi. E hoje é tambem aniversário de uma esportista voltaredondense - por acaso, é minha prima - que vem se destacando cada vez mais no circuito. ALÔ, ALÔ, meu povo, patrocínios sao muito bem vindos, nao é todo dia que se encontra alguem com esse potencial. Reproduzo uma das últims notícias sobre suas conquistas:


DANDARA É OURO E PRATA NO SUL AMERICANO DE NATAÇÃO
Swim It Up! Clipping / RIO DE JANEIRO
Mais uma revelação de Volta Redonda , a nadadora Dandara Mendes Antônio de 14anos , completa 15 anos , no dia mundial das águas, 22 de março . Conquista duas medalhas nos Campeonato Sul Americano de Natação na cidade de Santiago no estádio nacional do Chile, neste domingo .Seu tempo superou sua marca anterior o tempo no revezamento foi de 1.04.90

Dandara foi campeã na prova de revezamento 4x100medley e nadou com as nadadoras da seleção brasileira Ana Paula Azambuja ( nadou costas ), Ana Carolina Azambuja ( nado peito) Dandara Antônio( nado Borboleta) e Florence Souza ( nado crawl) as nadadoras completaram o percurso com o tempo de 4.31 , e nesta prova am nadadora Dandara recebeu a prova praticamente empatada e entregou a prova a Florence com 3 corpos de vantagens , dando supremacia a equipe do Brasil , esta foi a última prova do programa do Brasil neste campeonato . Já na quinta feira a atleta conquistou o vice campeonato ( medalha de prata) na prova de 100 borboleta com o tempo de 1.05.16 , perdendo por batida de mão para a Argentina Baressi que fez 1.04.67 . CADEL treinador de Dandara diz que tudo correu como planejado apesar de ter tido pouco tempo na preparação para este sul americano. Cadel se viu obrigado a ter começado o treino mais cedo ( 3 de janeiro) e ter treinado duas vezes ao dia de segunda a domingo , para que o resultado aparecesse , todo nosso esforço em busca de um bom resultado não foi em vão - diz Cadel . A nadadora é a única mulher do estado que nadou ganhando duas medalhas.


......................................................................
A acentuacao está ruim? É, tambem acho. Problemas de quem escreve no lap top. Aguardo a volta para meu velho e bom Mac.

2 comentários:

Anônimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! effects of lamictal

Anônimo disse...

What a great site »

 
eXTReMe Tracker